Publicidades safadas de cueca da Andrew Christian.

A marca de underwear masculina Andrew Christian tem como característica suas campanhas bem ousadas, focadas num público gay mesmo.
Aqui 2 exemplos recentes, uma campanha impressa e uma em vídeo.
A impressa tem o slogan “I Fuck For Underwear”, com um gostosão pelado e muita cueca em volta, como aquelas plaquinhas de homeless pedindo comida.


A outra é um vídeo como um clipe, num vestiário, onde um tima de pólo eu acho pega uns ajudantes e…

Anúncios

Obama, o primeiro presidente gay.

A capa da Newsweek dessa semana está genial, como vc pode ver aqui abaixo.
Obama gay friendly.
Na semana que o presidente americano Barack Obama sá seu apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, ou como eu prefiro escrever e dizer, casamento gay, a sociedade americana ficou de cabelo em pé.
Os Eua são um país careta, bunda mole, preconceituoso, todo mundo sabe disso.
Um presidente deles, negro e apoiando a causa gay, é um absurdo.
Muitos dizem que isso foi uma manobra eleitoreira, que Obama concorre a reeleição esse ano e como não está bem nas pesquisas, usou desse subterfúgio.
Se é ou não acho que não vamos saber, o que importa é o quanto uma declaração dessas faz para um “problema” que é esse assunto por lá.
O casamento gay é de alçada dos estados, não do governo federal. Isso quer dizer que o Obama não resolve nada, mas sua opinião tem peso.
Enquanto isso, por aqui, a nossa presidenta, com todo o seu jeito “durão”, poderia sair do armário nessa questão, né?
Que ano que ela vai concorrer a reeleição aqui mesmo?

O erótico e pornográfico Mavado Charon.

Cuidado!
Se você for fraco do estômago ou bunda mole mesmo, as imagens contidas nesse post podem ser ofensivas e podem te fazer passar mal.
Mas se você for fraquinho, o que você tá fazendo nesse blog?

Essa é uma ilustração do artista francês Mavado Charon, um cara que eu admiro há muito tempo e que logo logo aqui no blog vai ter uma surpresinha dele.
Mas por enquanto, pra apresentá-lo, seguem algumas imagens dele, imagens de sexo, tortura, violência, sempre muito “sujo”, pesado, cruel, pornográfico e erótico.
Pra mim, Charon é um artista que eu colocaria na mesma “prateleira” que Sade, Pasolini, Bosch, Bataille, com uma estética de fanzine punk dos anos 70 mimeografado, crueldade e caos juntos criando o novo belo.
Aproveitem!
p.s. – como nada é por acaso, o meu itunes toca no momento que posto isso o disco novo (e pesado) do Marilyn Manson e perto das ilustrações de Charon, parece música de ninar.

O anúncio gay da GAP.

Todo mundo sabe que a GAP é a Hering dos EUA.
Só que a diferença é qua ao invés de usarem os atores globais por aqui, os caras por lá são um pouco mais ousados.
Como por exemplo na campanha nova deles, “Be Bright”, esse outdoor visto em Los Angeles, bem friendly, e o título ótimo, “Be One”, com os dois modelos lindos usando a mesma camiseta.
Way to go, girl!

Radicais americanos querem tirar o arco iris dos gays.

Por mais besta que seja o título deste post, é a mais pura verdade: um grupo religioso radical (claro, né) quer tirar o arco iris do “domínio” gay.
Com uma citação da Bíblia e tudo mais, uma mulher, ministra de alguma igreja, diz que “por muito tempo permitimos que os nosso inimigos usassem o que Deus nos deu de presente.”
A ação dessa mulher estranha se chama “tak-n back the rainbow”, ou retomando o arco iris, onde ela vende pulseirinhas de borracha e diz que “o arco iris não pertence a comunidade homossexual mas sim é um sinal de amor que Deus nos deu”.

É muita falta do que fazer.

Comercial inglês sobre casamento entre iguais.

Não tem jeito mas o casamento entre iguais ou casamento gay (não consigo falar casamento do mesmo sexo, desculpem) é um problema no mundo todo.
Aqui com todo o embaço dos evangélicos no congresso para aprovação de alguma coisa que nos ajude e com muita gente fazendo o que pode e o que não pode para que isso aconteça, na Inglaterra a Coalition for Equal Marriage fez um comercial lindo.
Mas daí por aqui teríamos um problema com um comercial desses, né?

A visão gay de como um suco de frutas é feito.

Uma marca sul africana de sucos, a LiquiFruit, lançou uma campanha publicitária de 3 comerciais, com 3 visões diferentes de como o seu suco é feito.
Essa é a visão dos gays e obviamente a visão exata de como um suco puro de frutas é produzido numa ilha paradisíaca por um bando de homens lindos e sarados e …