Radicais americanos querem tirar o arco iris dos gays.

Por mais besta que seja o título deste post, é a mais pura verdade: um grupo religioso radical (claro, né) quer tirar o arco iris do “domínio” gay.
Com uma citação da Bíblia e tudo mais, uma mulher, ministra de alguma igreja, diz que “por muito tempo permitimos que os nosso inimigos usassem o que Deus nos deu de presente.”
A ação dessa mulher estranha se chama “tak-n back the rainbow”, ou retomando o arco iris, onde ela vende pulseirinhas de borracha e diz que “o arco iris não pertence a comunidade homossexual mas sim é um sinal de amor que Deus nos deu”.

É muita falta do que fazer.